Detran terá de indenizar motorista por dano moral

O Detran terá de pagar uma indenização de R$ 5 mil a uma motorista que, em virtude de irregularidades no banco de dados do órgão, foi impedida por longo período de tempo de renovar sua Carteira de Habilitação. A decisão é do desembargador Custodio de Barros Tostes, da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.
Na ação, a autora afirmou que o problema trouxe grandes transtornos e que, mesmo ficando impossibilitada de dirigir, recebeu a notificação de uma multa de trânsito, por dirigir sem habilitação, constando como local da infração o endereço do condomínio em que reside.
Para o desembargador, ao ficar privada injustamente do direito de dirigir, por longo período, a autora se deparou com desgaste desnecessário, causando aborrecimento acima da normalidade, o que configurou o dano moral a ser indenizado.
Processo nº 0082252-43.2009.8.19.0001
 
Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Pará
Clementino Xavier Advogados Associados
E-mail: contato@clementinoxavier.adv.com.br
https://pt-br.facebook.com/ClementinoXavierAdvogadosAssociados
Tel: (11)3522-5097
https://clementinoxavier.adv.br/

Deixe um comentário