Atraso de Imóvel não pode ser justificado por causa de chuva e falta de mão de obra

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) condenou a Construtora Borges Landeiro a indenizar em dez salários mínimos uma consumidora que não recebeu um…

Continuar lendoAtraso de Imóvel não pode ser justificado por causa de chuva e falta de mão de obra